fbpx
Planejamento Financeiro

Filhos Gêmeos: Quando Seus Planos Financeiros São Jogados Pela Janela

By 4 de junho de 2019 junho 5th, 2019 No Comments

Estes tempos tenho atendido um casal que irá ter filhos gêmeos. A questão financeira é uma grande preocupação de ambos, então me deparei com esse texto.

Parafraseando o que Woody Allen disse “se quiser fazer Deus rir, conte seus planos”. A vida é uma caixinha de surpresas e tenho certeza que todos que recebem a notícia que terão filhos gêmeos pensaram que os planos financeiros foram “jogados pela janela”.

Filhos Gêmeos Bebês

Filhos gêmeos precisam do dobro de atenção, planejamento e objetivos.

Nessas horas, a frase acima nunca fez tanto sentido, não é verdade?

A chegada de um filho é um marco importante na vida de qualquer casal. Seja um filho que venha “programado” ou não. É muito difícil receber uma notícia como essa e não se emocionar, ainda mais quando esse filho será nosso.

Agora pense, e se vierem dois? O dobro de alegria, sonhos, conquistas e… preocupações. Afinal, será que, na parte financeira, será tudo o dobro mesmo?

“Chegada de filhos gêmeos: prepare-se para jogar suas finanças pela janela”.

Confira no texto o que pensar com a chegada de filhos gêmeos, e saber se você precisa mesmo jogar seus planos financeiros pela janela. Depois, compartilhe esse texto com algum amigo que terá ou teve herdeiros em dose dupla.

Filhos Gêmeos – A Chegada

Cegonha

A cegonha que traz esse presente em dose dupla.

É óbvio que a cegonha entregando esse presente em dose dupla, o casal deverá mudar alguns dos planos financeiros. Tanto os planos em conjunto como para com os novos que chegarão.

Mas, antes de efetivamente implementar todos esses novos planos, o casal deve priorizar. Afinal, o gastos vão subir e talvez a renda pode diminuir.

Por exemplo, a casa que já é pequena da forma que vocês vivem hoje ficará menor ou necessitará reformas maiores que as anteriormente planejadas, o carro pode estar velho ou pequeno demais para comportar a família toda e mais as “coisas das crianças”.

Além disso, dependendo da situação, será necessário contratar uma babá ou empregada doméstica para ajudar a cuidar das crianças ou da casa enquanto os pais trabalham, talvez um dos cônjuges pense em parar de trabalhar para se dedicar a cuidar dos filhos, o que diminui a renda familiar, entre tantos outros planos e discussões que o casal começa a passar para dar o melhor tratamento possível aos pequenos.

Planejamento Financeiro é um processo

Por conta de todas essas mudanças que vão acontecer, suas finanças serão afetadas e talvez vocês não precisem jogar todos os seus planos no lixo, mas entender que muitos deles serão adiados.

É preciso entender e aceitar que o planejamento financeiro da casa é um processo e não um evento pontual que vocês farão uma vez e seguirão para o resto da vida. A cada novo evento e notícia será preciso fazer um ajuste de rota. O que é mais difícil é quando o casal não está assegurado em caso de um imprevisto, como uma reserva de emergência.

Tudo isso irá mostrar que planejar nossas finanças uma só vez pode parecer difícil mas não é, fazer isso constantemente a cada evento novo será ainda mais difícil caso vocês não façam a lição de casa.

Quando um casal tem um colchão de segurança financeira confortável, estão com suas finanças em dia, esse processo já deve estar sendo feito, e no caso de um imprevisto vão ser os que menos vão sofrer. Ainda mais no caso de um filho em dose dupla.

Sigam as etapas do seu Plano Financeiro

Árvores gêmeas ao pôr do sol.

Nós colhemos o que plantamos.

Além de ter um colchão de segurança, há outras etapas do Plano Financeiro que deve ser seguido pelo casal. O principal deles é ter consciência das finanças do mês, saber quanto entra, quanto sai e ajustar caso o segundo seja maior que o primeiro.

Ademais, evitar que a soma dos parcelamentos não onerem mais de 30% de sua renda líquida mensal. Ter dívidas atrasadas em cartão de crédito, pagar o financiamento da casa e do carro em dia, viver uma vida plena, etc.

Tudo isso que não fez sentido até agora, começa a fazer sentido, afinal podem parecer muito chatas de fazer, mas são extremamente importantes quando vocês precisam delas.

O que é prioridade?

Em tempos de reajuste financeiro, prioridades ajudam mais que objetivos. Muitos consultores financeiros experientes dizem: “tenham objetivos em conjunto e objetivos em conjunto e individuais”.

Isso está 100% certo! Entretanto, não podemos esquecer do que é importante no momento atual que estamos passando.

Assim como um piloto de fórmula 1 precisa tomar diferentes riscos, tem necessidades diferentes e planejamento diferentes para cada situação, nossas finanças também têm suas prioridades momentâneas. E, como disse, um ajuste pode ser necessário.

Todos precisamos entender que as prioridades de cada um vão mudar e evoluir com o tempo.

Vocês nunca vão estar prontos!

Roupinhas de bebês

Vocês nunca vão estar prontos. Estamos em constante evolução.

Por último, é preciso saber que vocês nunca estarão prontos. Nem para a chegada dos filhos gêmeos, nem para outras situações que vão aparecer na vida de vocês.

Vocês nunca pode se preparar totalmente para isso, e poucas pessoas estarão plenas financeiramente, emocionalmente ou fisicamente para ter crianças. É algo que devemos aprender com a jornada e estudar sobre o assunto para começar um pouco mais preparados.

O melhor que podemos fazer é garantir que estamos bem financeiramente. E fazer com que isso não seja um problema na vida dessa família que vai aumentar em 9 meses (algo fácil de falar e difícil de fazer para muitas pessoas).

Conclusão

Portanto, no processo de criação de um filho, o dilema do avião nunca fez tanto sentido. É preciso estar bem e seguro para conseguir cuidar de outra pessoa.

E seu trabalho, investimentos e patrimônio não vão importar tanto quanto ter sua família segura e saudável, em todos os sentidos.

Claro que não é preciso esquecer todas as suas outras prioridades. E ter baixos níveis de stress quanto o assunto é dinheiro é nossa prioridade. Por isso, o planejamento financeiro do casal não deve ser deixado em segundo plano, enquanto não esquecemos que existem pessoas sentadas na cadeirinha do banco de trás do carro.

E aceitar que, às vezes, a vida jogará nossas finanças pela janela. 🙂

Gostou do texto? Envie-me um comentário como foi para vocês receber a notícia dos filhos gêmeos e como tem sido a criação em dose dupla.

Este texto é uma adaptação livre de: http://awealthofcommonsense.com/2017/05/when-your-financial-plan-gets-thrown-out-the-window/